serviços de arquitetura

Casa De 250m² que une eficiência energética e saúde

Ficha técnica

localização

Avaré

área total

250m²

ano

2022

Atuação

Residencial

Compartilhar: 

jessica.martins

jessica.martins

Jéssica é formada em Arquitetura e urbanismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Fez especialização em tecnologia e sustentabilidade na Universidade de Toronto e Pós graduação financeira no Insper. Aliando, assim: técnica, análises financeiras e poética.

Casa em condomínio fechado tornou-se um espaço auto-suficiente energeticamente

Conheça as decisões que tornaram essa casa inteligente

jessica.martins

jessica.martins

Jéssica é formada em Arquitetura e urbanismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie. Fez especialização em tecnologia e sustentabilidade na Universidade de Toronto e Pós graduação financeira no Insper. Aliando, assim: técnica, análises financeiras e poética.

Briefing

Um novo empreendimento inicia

Os investidores dessa casa de 250m², em Avaré, interior de São Paulo, já conheciam a Buriti desde a sua fundação, era já uma relação de longa data. Em um dia começou a conversa sobre construções, depois de alguns meses começamos a ver terrenos juntos e a idealizar como seria essa entrada nesse mercado de incorporação residencial. Primeiro em pequena escala: uma casa. Foram estudados diversos espaços em conjunto e algumas horas de estrada e de reuniões para entender o loteamento, o público alvo dessa casa e meios de pagamento de obra, compra e estudo de viabilidade antes mesmo da aquisição do terreno.

As primeiras conversas

Os sócios são compostos por áreas diferentes e países diferentes também, com fuso horários que no final facilitam a comunicação pela rotina de ambos. A primeira ideia para a casa foi entender se seria vendida como casa de veraneio ou familiar, optando então para a segunda e definindo o público alvo, como seria a família que ali moraria: filhos, rotinas, e desejos que podemos crer e responder esses anseios através da arquitetura. Depois veio o estudo financeiro da casa, para entender quantos metros quadrados poderia ser construído, visando o custo da construção e o ROI (a sigla vem de return on investment que significa retorno sobre o investimento) esperado. Com os dois aspectos definidos, pudemos partir para o desenho da casa e a solução adotada. 

Projeto

Escolha do terreno

O terreno adquirido tem 450 m², e está dentro de um condômino com uma imensa área verde e de lazer. Ele possui duas áreas e a escolhida foi a mais residencial/familiar, com curvas acentuadas e uma cota elevada para trazer a vista e privacidade para dentro da casa. A localização do sol, foi também uma prioridade para saber como o sol implicaria nesse projeto.  Assim a proposta é de integração do lote com o loteamento, dando privacidade aos moradores mas não excluindo-o da vizinhança, proporcionando novo estilo de vida alinhado com a sustentabilidade e a relação com os moradores daquela área.

Projetando soluções modulares

Assim que a parte de diretrizes foi finalizada, começamos as curvas de nível do terreno e e um estudo de massa com os metros quadrados determinados, e uma modulação propicia para estrutura, deixando a construção racional e eficiente, com menos recorte de terra e impacto ambiental, reduzindo o custo de implantação. Depois foi iniciado o layout da casa entender os fluxos e quais eram as necessidades dessa família proposta, criação de áreas verdes, lazer, convívio e intimistas. O que abrigaríamos a mais do condomínio para que aqueles moradores se sentissem suas expectativas atendidas e de fácil compreensão. Também, entendemos onde seriam necessárias as aberturas e janelas para a ventilação natural e cruzada e iluminação abundante. Por fim, definição de materiais e a relação deles com o interior da casa.

Obra

Desafios de obra

Com as decisões de projeto feitas, foi a hora de definir o cronograma fisico-financeiro da obra –  em outras palavras, as datas que as atividades serão executadas e quando serão pagas – e também a viabilidade técnica das soluções, por exemplo o balanço (esse vão na entrada da casa) e o custo dele, acabou aparecendo alguns pilares nesse momento. Também foi um desafio pensar em como levar a nossa mão de obra daqui para uma cidade de 300km de distância e como funcionaria o fluxo de entregas, o que gerou uma expertise que podemos aplicar em demais obras fora de São Paulo e começamos a expandir o escritório. 

Dia a dia da construção

A obra está no começo! Assim que tivermos mais informações iremos atualizar vocês, por hora, postamos o dia a dia no Instagram @buriti.arq

Detalhes

Ser sustentável como princípio  

A casa é sustentável e para isso foram criados sistemas inteligentes. Um sistema hidráulico de captação de chuva no telhado onde a água é armazenada em cisternas e volta para a casa em banheiros e torneiras, utilizando a água entregue pelo abastecimento para usos mais nobres. Também utilizando as águas cinzas, que são as águas dos chuveiros, piscina e máquinas de lavar para irrigar o quintal, reduzindo muito o custo de água. Já na parte de energia, serão instaladas placas solares integradas a energia elétrica da casa, também visando o menor impacto e menor custo para os moradores que ali estarão. 

Saúde como prioridade

Em obra conseguimos utilizar bem os recursos naturais, para não serem desperdiçados durante o uso, foram estudados torneiras, chuveiros, lâmpadas, com maior eficiência, além da estética. A parte inteligente da casa também vem de parâmetros estabelecidos por médicos de Chicago para trazer saúde dentro das casas e com objetivo de reduzir práticas nocivas e empregar materiais de baixa emissão e controle de poluentes no interior, desde a obra. Além de focar no bem-estar e a saúde física e mental dos moradores. Sistematicamente, foram pensadas as relações entre saúde e os resultados ambientais, desde o conceito da casa. Deixando-a uma casa: tecnologica, sustentável e integrada.

Se você tem alguma dúvida, nós temos um time que está pronto para responder qualquer pergunta no WhatsApp!

Arquitetura, design & construção

informações adicionais

ficha técnica

Projeto

Buriti Arquitetura

Execução e gerenciamento de obra

Buriti Arquitetura

Revestimentos de piso

Cimento queimado

Revestimentos de paredes e tetos

Cobogó cimenticio, suvinil branca

Móveis

Paola Lenti, Sergio Rodrigues, Mula Preta

Produção

Buriti Arquitetura

Fotografias

Buriti Arquitetura

Projetos Relacionados
artigos Relacionados
Abrir conversa
Precisa de ajuda?
Olá, podemos te ajudar?